5 motivos para investir em logística

A logística é fundamental para a eficiência do trabalho e para a redução de custos. Tendo uma logística inteligente, os resultados são ótimos para a empresa: é possível reduzir a ociosidade e ter a visibilidade da frota.

O Brasil é um país desafiador quando o assunto é logística. Há, sim, grandes oportunidades país, no entanto, infelizmente existem várias questões a serem superadas.

Há situações maiores e que não estão sob o controle das empresas. Algumas delas, por exemplo, são: roubos e furtos de cargas, alta tributação da atividade, condições ruins de estradas e frota antiga ou em atualização.

Se de um lado a situação a qual as empresas não controlam está longe de estar adequada; de outro, certamente está na mão das empresas fazer o possível para maximizar uma logística que traga vantagens à atividade.

Existe, aqui, um fator de destaque: não é possível ter as vantagens da logística sem o investimento adequado para este fim. Apesar disso, é preciso frisar: o custo-benefício desse investimento é extremamente positivo.

Logística: vantagens em investir

Para que sua empresa também consiga investir com assertividade na logística, fizemos este conteúdo. Siga a leitura deste texto, no qual abordamos os 5 principais (e bons) motivos para que o trabalho seja mais eficiente e, em médio prazo haja a redução de custos.

1. Aumento de produtividade

Com uma boa logística, é possível realizar as entregas com mais agilidade e menor custo. Além disso, uma logística de qualidade prevê poucas perdas.

Ou seja, a “fórmula” é composta por pontas de um triângulo: rapidez na entrega, mantendo toda (ou, pelo menos, a maior parte da) carga íntegra e pelo menor custo possível.

Para chegar a esse resultado, obviamente, é preciso passar por um processo. A análise das atividades é o primeiro passo.

Portanto, é fundamental que se avaliem todas as condições que podem causar perdas e/ou o acréscimo de gastos na distribuição. Depois, é necessário estabelecer parâmetros para reverter os problemas.

Embora possa demorar e gerar trabalho extra, o resultado dessa observação e da montagem de uma estratégia de neutralização e reversão de problemas é o que vai oportunizar o aumento da produtividade.

O aumento da produtividade traz, proporcionalmente, o aumento do faturamento e da lucratividade. Assim, certamente esse é um resultado muito esperado a partir da logística de qualidade.

2. Visibilidade

A empresa tem fácil acesso a dados e informações quando possui a visibilidade da frota e da cadeia de suprimentos. Com isso, as deliberações são mais assertivas, as decisões mais embasadas e sempre no sentido do aprimoramento dos processos.

Além disso, a visibilidade proporciona respostas mais ágeis aos clientes. Com mais informações de qualidade, imprevistos são mais raros.

Porém, quando essas situações inesperadas acontecem, não provocam tantos estragos porque elas não perduram: as soluções são encontradas e aplicadas com mais rapidez.

Com a visibilidade de ponta a ponta, o transporte é agilizado e os custos são reduzidos. Essas vantagens competitivas fazem com que o cliente tenha uma experiência consideravelmente melhor, o que aumenta, consequentemente, sua satisfação com o serviço realizado.

3. Gestão de logística mais eficiente

Tal qual uma engrenagem, a gestão de logística envolve setores, pessoas e atividades diversas, porém, interdependentes. Logo, esses processos estão encadeados e precisam funcionar de forma ordenada e integrada.

Para tal, portanto, é necessário ter todas as operações e os processos estruturados e visíveis. Armazenamento, movimentação, entregas, movimentação de carga são alguns dos pontos dos processos que, com a gestão de logística eficiente, há controle mais apropriado para reduzir problemas e lacunas.

4. Estoques otimizados

Com a logística adequada, é possível otimizar os níveis de estoque, ou seja, ter informações precisas da disponibilidade dos produtos disponíveis, encontrá-los e distribuí-los rapidamente e com gastos previstos.

É uma maneira de “equilibrar” a necessidade dos produtos em estoque, regulando entrada e saída dos itens. O objetivo é que os produtos não fiquem estocados durante muito tempo (ou seja, não fiquem parados), mas que eles também não faltem em algum momento.

5. Monitoramento de cargas

O monitoramento de cargas traz benefícios já bem conhecidos: podemos citar, por exemplo, a garantia da entrega e a chegada da carga dentro do prazo, além da maior segurança.

Porém, há muito mais do que isso: os dados gerados pelo monitoramento resultam, também, em indicadores. Com eles, é possível ter um panorama do processo do início ao fim e, portanto, promover melhorias e tomar decisões de maneira mais ágil e assertiva.

Quer mais informações sobre investimento em logística que realmente traz essas vantagens para sua empresa? Entre em contato com a Trafegus!

Aproveite e leia mais:

5 vantagens em contar com uma torre de controle

Como o Business Inteligence (BI) pode fazer diferença no setor de transportes

Icone Trafegus Footer-a

+55 49 3026-7777

contato@trafegus.com.br

©Todos os direitos reservados a Trafegus® Sistemas.