Onde você pode melhorar a sua frota!

Um estudo realizado pela FDC, Fundação Dom Cabral, indica que as empresas brasileiras tem gastos cerca de 12% do faturamento bruto na questão de custo da logística no acumulado dos últimos 3 anos. Isso da em torno de 15,5 bilhões a mais desde 2015.

E lógico que parte disso está incluso na parte da infraestrutura do nosso país o que está diretamente conectado ao custo da frota,que apesar de ser um modo passivo é significativo na saúde financeira do negocio. Isso devido aos gastos com depreciação de veículos, roubos, atrasos na entrega de mercadorias, gasto excessivo de combustível, despesas com manutenções e acidentes.

Maximizar: É o grande desafio do gestor. Maximizar os recursos, racionalizar os custos da logística garantido a rentabilidade para a empresa. O que ocorre que o gestor precisa ter atitudes para não apenas evitar os problemas e sim prever aqueles que poderiam apresentar de qualquer maneira como uma possível colisão que resulta em dias úteis parados para conserto.
Uma saída para a solução desse problema e uma realidade é a automação. E como se faz isso? Confira a lista abaixo.

– Utilização imprópria do veículo
Independente de caminhão, moto ou carro a função do veículo de frota e estar ao dispor da empresa, porém, alguns pequenos obstáculos que parecem inocentes são responsareis pelo maior gasto de combustível, como exemplo deixar o motor ligado sem estar em deslocamento.
Uma solução para esse má hábito é o acompanhamento da quilometragem do veículo e do gasto médio do combustível, seja ele diário ou semanal.
Mas caso a empresa queira um controle maior, existe no mercado dispositivos, para instalar na frota, que dão a comunicação com o sistema central em tempo real, mostrando todos os registros individuais da frota e claro com isso trazendo as informações para o gestor de forma eficaz e relevantes.
A outra solução implica num maior investimento que seria promover treinamentos aos motoristas, reuniões de desempenhos de forma individual , incentivos e campanhas, entre outros do segmento. Todos visando a melhor utilização dos veículos para um maior desempenho na empresa.
Esse é um investimento maior, porém terá retorna pela queda dos gastos desnecessário que podem chegar até R$ 2 milhões por ano.

– Forma de condução
O desgaste do veiculo está relacionado ao modo como motorista conduz o mesmo. Os exemplos são:
– Frear bruscamente
– Realizar as curvas em alta velocidade
– Desacelerar apenas perto das lombadas
São um dos exemplos que implica no degaste mais cedo do veículo ocasionando problemas mais sério.
Como citado acima, com os dispositivos é possível o gestor ter acesso a tais acontecimentos e claro evitar um problema maior que irpa dar mais gastos.

-Falta de planejamento das rotas
A não otimização das frotas geram gastos desnecessários isso devido ao fato de que, por vezes, existe a possibilidade de menos veículos façam o trabalho previsto para uma frota maior ou de que os motoristas façam menos horas extras.
O jeito mais simples para resolver esse problema é justamente traçar as rotas com aplicativos de mapas para verificar qual seria o mais eficiente. Calculando a distância, as paradas, tempo entre outros fatores.
Porém com o sistema é possível uma viabilidade maior, tendo a capacidade de inserir uma lista de vários endereços, o tempo dedicado a cada parada e a quantidade de veículos disponíveis para a atividade. Dessa forma economiza-se em torno de 10% no quesito quilometragem.
– Multas
Na maioria das vezes, as multas está em um dos maiores custos de uma frota, felizmente esse quesito tem fácil resolução. Um controle a mão ou com sistema podem evitar os gastos com esse fator, o ideal é ter o histórico do veiculo com o motorista em questão, o qual praticou a infração, para tomar as devidas providencias incluindo medidas educativas.

– Manutenção
Claro que o gestor sem o controle da manutenção está propenso a cometer erros que podem ser graves e interferir na operação diária da empresa. As manutenções preventivas evitam os problemas, como veículos parados por alguns dias ou ate mesmo o desligamento do veículo na frota por maiores problemas.
Alguns sistemas geram lembretes automáticos a partir da recorrência, sem ser necessário o controle manual por parte do gestor da frota.

Icone Trafegus Footer-a

+55 49 3026-7777

contato@trafegus.com.br

©Todos os direitos reservados a Trafegus® Sistemas.